A Roda e a Preguiça

Mário de Miranda Quintana (Alegrete, 30 de julho de 1906 — Porto Alegre, 5 de maio de 1994) foi um poeta, tradutor e jornalista brasileiro.

“A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda.” Mário Quintana.

Anúncios

Tags: , , , , ,

4 Respostas to “A Roda e a Preguiça”

  1. Kátia Rocha Says:

    Esse Mario Quintana acerta todas!
    Queria ter conhecido esse cara que um dia, por exemplo, reinventou o conceito de diabético: a pessoa que não sabe ser doce!
    🙂
    Muito fofo!

  2. Says:

    Quintana.. O Melhor, né?!
    Qualquer coisinha que ele escrevia, deixava de ser coisinha!
    Sou fã! Dos dois! 🙂

  3. Angela Says:

    Para mim a preguiça e a falta de dinheiro caminham junto com a criatividade….

  4. G. Says:

    E salve o Mário. E a preguiça também.
    rs
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: